E-book no Brasil: Sonho ou Realidade?


Tecnicamente, o e-book no Brasil já é uma realidade. Além do Kindle Internacional, que funciona maravilhosamente bem, existe também uma solução totalmente nacional, o COOL-ER da Gato Sabido.

Apesar da possibilidade de substituir o papel pelo e-Ink (uma tecnologia que permite a leitura confortável, sem os inconvenientes da tela do computador), ainda existem algumas barreiras para a adoção do novo estilo de adquirir conhecimento:

Preço

Normalmente, o preço é uma das primeiras coisas que impacta no brasileiro. A solução nacional, mais “em conta”, custa R$ 750,00 + frete. Já o Kindle Internacional pode ser comodamente recebido no Brasil, porém a um ainda salgado custo de US$ 546,30 – cerca de R$ 1.000,00 (a Amazon já recolhe o valor equivalente aos impostos na venda). Apesar de um advogado ter conseguido uma liminar para isentar o Kindle dos impostos, por enquanto ela só vale para o pedido específico. Isto faz com que o e-book ainda esteja longe de ser considerado um produto popular.

Hábito de Ler

Mesmo assim você achou interessante? Ok, mas lembre-se que o produto só “se paga” para leitores vorazes.
Cálculo rápido de Retorno de Investimento: considerando-se um valor médio de R$ 40,00 por livro (papel) e R$ 20,00 por livro (e-book) somente após a leitura de 38 livros o aparelhinho empata em termos de despesas. Significa ler um livro por mês durante 3 anos! Isto é mais do que a média dos Estados Unidos, uma das maiores do mundo: 11 livros por ano. Os franceses lêem 7, e os brasileiros, 1,3 livro/ano (este valor sobe para 4,7 se incluirmos obras didáticas e pedagógicas, porém estas dificilmente serão utilizadas em e-books nos próximos anos). Os dados são da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel).

[In]disponibilidade de títulos em Português

Na loja KindleStore brasileira, constam apenas 39 títulos em Português (final de janeiro de 2010). Os títulos para o COOL-ER não são muito mais numerosos – a loja divide os livros em 18 categorias, e à exceção dos livros de Direito (86 exemplares), nas demais categorias a oferta é muito limitada, normalmente com meia dúzia de livros ou menos.

Segurança

Um dos prazeres da leitura é realizá-la em lugares agradáveis. Muita gente considera seu lar agradável, mas também é gostoso ler em um parque, no trem, no fretado, enfim, em ambientes com uma iluminação adequada e um bom clima…
Será que é prudente andar por aí desfilando um aparelho de R$ 1.000,00? Ao menos em metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro, isso pode ser mais uma preocupação que pode diminuir um pouco o prazer de ler (e a atenção dedicada ao texto).

Conclusão

Como muitas coisas no Brasil, o e-book ainda é uma realidade para poucos. O perfil de seu consumidor é alguém com um razoável poder aquisitivo, ávido por leitura e que domina um segundo idioma (inglês ou espanhol). Não é exatamente um retrato do brasileiro típico, mas quem sabe o gosto pela novidade faça com que mais pessoas almejem este perfil e o atinjam em breve! Eu estou na torcida, e você?!

Twitter do Palma Facebook do Palma Linkedin do Palma

Anúncios

8 comentários sobre “E-book no Brasil: Sonho ou Realidade?

  1. Só para apimentar os cálculos 🙂
    Quantas pessoas na sua casa leem os livros?
    Você compartilha seus livros com amigos?
    É possível comprar livro no formato do Kindle para ler no PC (Caso não tenha o Kinle ainda) e pagar mais barato pela obra.
    Eu ainda acredito que no futuro usuários que consumirem uma “determinada cota” terão o aparelho de graça.
    Teve uma coisa que eu não gostei no Kindle, quando eu uso um livro para referência e a leitura não é sequencial, neste caso nada substitui o livro em papel.
    Abraço,
    KOLA

  2. Oi Kola,
    Nas duas primeiras perguntas, acho que Kindle e papel empatam, cada um no seu estilo:
    1. Ambos devem ser lidos por uma pessoa por vez (estou considerando o Kindle físico)
    2. O conteúdo pode ser baixado em até 6 dispositivos simultaneamente (o que permite compartilhamento com amigos – vide http://www.amazon.com/tag/kindle/forum/ref=cm_cd_search_res_ti?_encoding=UTF8&cdForum=Fx1D7SY3BVSESG&cdMsgNo=5&cdPage=1&cdSort=oldest&cdThread=TxJF8T1SZY04E0&cdMsgID=Mx12G5USNKDB9BH#Mx12G5USNKDB9BH)
    Sim, é possível utilizar o Kindle PC, mas pessoalmente, não consigo ler mais do que 4 páginas – acho extremamente desconfortável.
    Acho sua idéia de “subsidiar” o aparelho muito interessante… até porque estimula a leitura. Mas como você faria para “atingir uma cota” sem ter o aparelho?
    Em relação à leitura “não sequencial”, a função alternativa de fazer uma busca (search) é “killer”! (Isso sem falar no dicionário embutido, MUITO prático).
    Não estou defendendo o Kindle em relação ao papel (eu curto demais livros em papel), mas a questão é que eles têm características diferentes. Ganha-se de um lado, mas é claro que perde-se de outro. Inclusive do lado romântico. Acho que nesse aspecto concordaremos 100%: nada substitui o livro em papel! 😉
    Grande abraço!

  3. Também estou na torcida, para que o kindle fique mais barato e também que apareçam mais concorrentes para baratear o aparelho. Tenho uma dúvida, sei que no cool-er ele aceita outros formatos como TXT e PDF por exemplo o que ajudaria na popularização do produto, já que poderiamos ler artigos técnicos, revistas, etc, e o Kindle aceita outros formatos? A leitura de arquivos pdf como outros é tão confortável a leitura como a dos e-book’s?

    1. O Kindle também aceita o formato PDF. A apresentação em E-ink continua boa, porém um efeito negativo é que os PDFs normalmente ficam muito pequenos (isso vai depender da fonte utilizada no documento original). O “workaround” para isso é rodar o documento e utilizar o Kindle na horizontal. Você vai “paginar” mais, porém o texto fica num tamanho mais aceitável. O Kindle DX não deve ter este problema.
      Tomara que a Amazon solte logo uma atualização que implemente zoom de uma forma prática…

  4. Essa discussão está recém começando. Se pesquisarem já existe uma plataforma brasileira, onde os livros são acessados online de qualquer pc… ou seja, uma solução verde amarela alternativa aos aparelhos fechados e os genéricos chineses. O endereço é http://www.bichodolivro.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s